Welcome

My Quotes in rtm_v1_n1 2015 converted

106 Kuotes | 50 Books

Search:


Import Kindle clippings easily

Beta status: Bulk Kuote import!!!!

Log in & Sign in using:

rtm_v1_n1 2015 converted

Ipea
TAVARES, M. C.; MELIN, L. E. Pós-escrito 1997: a reafirmação da hegemonia norte-americana. In: TAVARES, M. C.; FIORI, J. L. (Orgs.). Poder e dinheiro: uma economia política da globalização. Petrópolis: Vozes, 1997.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1803-1804 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:15:04
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
______. Exorbitant privilege: the rise and fall of the dollar and the future of the international monetary system. New York: Oxford University Press, 2011.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1787-1788 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:14:05
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
EICHENGREEN, B. J. A globalização do capital: uma história do sistema monetário internacional. São Paulo: Editora 34 Ltda., 2000.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1786-1787 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:13:58
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Em resumo, a estratégia da política externa dos Estados Unidos, no contexto das primeiras décadas da Guerra Fria, reforçou a posição do dólar como moeda internacional por meio das mais variadas políticas de reconstrução econômica e de reorganização do sistema internacional. Para usufruir deste contexto e viabilizar seus milagres nacionais, os países ?convidados? colaboraram com isto; do contrário, assumiram restrições ao seu desenvolvimento.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1757-1760 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:12:33
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Deste modo, as reservas bancárias e cambiais (em dólares) dos Bancos Centrais tornaram-se indispensáveis instrumentos para a estabilidade do sistema de taxas de câmbio fixas. Por esta razão, alguns autores definiram o sistema de Bretton Woods como um padrão monetário de reservas (em dólares).40
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1740-1742 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:11:10
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Em linhas gerais, ao mesmo tempo em que patrocinavam a recuperação econômica das áreas estratégicas à contenção da URSS, os Estados Unidos reforçaram a primazia do dólar, pois: i) financiaram diretamente as economias de seus aliados, com aportes em dólares (Plano Marshall, em 1949); ii) expandiram significativamente seus gastos (em dólares) militares no exterior (Guerra da Coréia, por exemplo); iii) abriram seus mercados unilateralmente às exportações de parceiros estratégicos, o que garantia receitas em dólares a estes a países; iv) permitiram a manutenção de taxas de câmbio desvalorizadas tendo o dólar como referência; e v) estimularam o investimento direto estrangeiro de suas empresas multinacionais, o que ocorreria naturalmente em dólar, dada a origem dessas empresas. Ademais, toleraram a utilização de controles unilaterais sobre os movimentos de capitais internacionais (fosse em qualquer moeda), permitiram a inconversibilidade das outras moedas, não reagiram às políticas de proteção tarifária e enviaram missões de ajuda técnica.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1729-1737 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:10:39
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
os Estados Unidos teriam de criar as condições externas favoráveis (liquidez internacional em dólares) aos aliados e derrotados na Segunda Guerra Mundial.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1728-1729 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:10:03
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
5 A GUERRA FRIA E A PRIMAZIA DO DÓLAR
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1714-1714 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:09:05
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Como resultado, consolidou-se um sistema monetário-financeiro internacional organizado com base em instituições financeiras multilaterais, como o FMI e o Banco Mundial (BM), e em uma moeda nacional específica, o dólar. Em resumo, sobretudo por meio do mecanismo do lend-lease, do controle direto sobre do o antigo e o novo centro de gravidade da produção mundial de petróleo e pelos Acordos Internacionais assinados no pós-guerra, os Estados Unidos lograram definir sua moeda como a de referência internacional. A Inglaterra, embora tenha buscado construir arranjos internacionais alternativos, não apresentou a mesma capacidade de resistência observada ao longo dos anos de 1920. Contra sua vontade, passou a operar dentro do território monetário dólar, assim como grande parte dos demais países do sistema internacional.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1708-1713 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:08:55
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Na proposta dos Estados Unidos, liderada por Harry Dexter White, o dólar seria a moeda de conta internacional, com conversibilidade plena em ouro. As demais moedas deveriam procurar manter sua conversibilidade na moeda norte-americana, porém com taxas de câmbio sujeitas a correções quando necessárias. Havia a preocupação com a retomada dos fluxos internacionais de comércio e com a estabilização das paridades cambiais. Pretendia-se, contudo, algo distinto tanto ao câmbio fixo do padrão-ouro, típico dos anos de 1920, quanto das desvalorizações competitivas, próprias da década de 1930. Para contornar este dilema, foi sugerido a criação de um fundo de estabilização com o propósito principal de auxiliar com aporte de recursos em moeda internacional (dólar sobretudo) às economias nacionais com problemas em suas contas externas e na estabilização de seus mercados de câmbio. O referido fundo também auxiliaria na avaliação da necessidade, de fato, de ajustes na taxa de câmbio de um determinado país. Pretendia-se assim acabar com as desvalorizações competitivas oportunistas, ao mesmo tempo em que se preservava a possibilidade de alterações cambiais administradas. Assim, a proposta de White resguardava o controle da liquidez internacional aos Estados Unidos.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1676-1685 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:07:24
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Por sua vez, nas negociações prévias à Conferência de Bretton Woods (22 de julho de 1944), havia duas propostas em debate, uma norte-americana e outra inglesa, com diferenças em relação a como se deveria reconstruir o sistema monetário-financeiro internacional. Na proposta inglesa, elaborada sob a liderança do economista John Maynard Keynes, era sugerido que não deveria haver uma moeda nacional que se impusesse sobre os demais países como padrão internacional, como a libra o fizera antes da Primeira Guerra Mundial. Dever-se-ia criar, no entanto, uma moeda de conta internacional (bancor), sob controle de um órgão multilateral (International Clearing Union), cujo valor estaria assentado numa cesta de moedas nacionais. Ela funcionaria para registros e compensações entre os Bancos Centrais dos países signatários dos Acordos. Explicitamente, procurava-se lidar tanto com os problemas relativos à gestão da liquidez internacional, quanto com os processos recessivos de ajuste dos balanços de pagamentos dos países deficitários.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1664-1671 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:06:32
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Portanto, durante a Segunda Guerra Mundial, por meio do lend-lease, as principais potências aliadas e mais um conjunto de trinta e cinco países, passaram a ter dívidas denominadas em dólares. Ao término do conflito, permaneceram as dívidas e com elas a necessidade de se auferir o instrumento de sua liquidação. Este poderia vir por meio de novas modalidades de endividamento (em dólares) ou por meio de exportações (em dólares). O fato é que a posição dos Estados Unidos no contexto da guerra permitiu a ele determinar a moeda de denominação de seus créditos decorrentes de suas exportações aos países aliados.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1623-1627 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:02:58
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Aprovado em 11 de março de 1941, o total de empréstimos concedidos por meio do lend-lease alcançou o valor de US$ 50 bilhões,
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1616-1617 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:01:45
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Já em 1941, o sistema cash-and-carry acabou por se tornar um entrave à capacidade de resistência e defesa dos aliados. Churchill reivindicou uma reformulação das regras e advertiu os Estados Unidos sobre o perigo da situação. Das negociações que se seguiram, a solução encontrada foi a implementação dos instrumentos de lend-lease. Muito embora desconfiassem dos argumentos ingleses, em razão do seu ainda expressivo Império Colonial, os Estados Unidos passaram a aceitar o endividamento em dólares dos aliados, mesmo antes da sua entrada na guerra. Acabou por prevalecer entre as autoridades norte-americanas a ideia de que a própria segurança dos Estados Unidos dependia da vitória inglesa na Europa.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1611-1616 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:01:39
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Como resultado, para ingleses e franceses, houve um crescimento de suas necessidades em dólares para, assim, garantirem o abastecimento dos suprimentos necessários à guerra, destaque para armas, munições e petróleo. Por conseguinte, ocorreu um esgotamento das reservas dos seus bancos centrais.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1609-1611 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:01:14
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
No entanto, foi ao longo do conflito mundial que os Estados Unidos conseguiram definir sua moeda como a de referência internacional. Com base na perspectiva teórica de releitura ampliada para o âmbito das relações internacionais da teoria cartal da moeda, como definida anteriormente, identificam-se três movimentos estratégicos norte-americanos para ascensão do dólar ao topo da hierarquia do sistema internacional: primeiro, o mecanismo de Lend-Lease para financiamento das necessidades de importação dos países aliados; segundo, a dominação e controle norte-americanos do antigo (Estados Unidos) e do futuro (Arábia Saudita) ?centro de gravidade? da produção mundial de petróleo; e, terceiro, os acordos internacionais de reconstrução e reorganização política e econômica do sistema internacional.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1592-1597 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 08:00:14
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Do ponto de vista econômico, a crise de 1929 e os ataques especulativos depois de 1931 acabaram com o que ainda restava do padrão-ouro e da ordem econômica liberal.32 Ao longo dos anos de 1930, além de um forte intervencionismo estatal e da difusão de políticas protecionistas, o que se assistiu foi a suspensão generalizada da conversibilidade em ouro: Áustria, Hungria, Checoslováquia, Romênia, Polônia, Alemanha, Inglaterra e o Japão, em 1931; os Estados Unidos, em 1933; e a França em 1936. Estabeleceu-se uma guerra cambial de desvalorizações sucessivas entre as principais moedas do sistema.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1587-1592 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 07:59:33
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
4 A CONSOLIDAÇÃO DO DÓLAR E A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1569-1570 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 07:58:06
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Em suma, durante a década de 1920, presenciou-se um crescimento expressivo da utilização do dólar como referência para importantes operações internacionais, uma espécie de ?entre atos? de duas realidades distintas: a anterior à Primeira Guerra Mundial, quando a libra esterlina detivera a primazia do sistema, e a posterior à Segunda Guerra Mundial, quando esta coube ao dólar. Destacam-se nesse ?entre atos? as disputas em torno do processo de endividamento alemão e a centralidade dos movimentos diplomáticos e das estratégias de política externa.
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1566-1569 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 07:57:51
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Como resultado, a Alemanha se tornou o principal destino dos investimentos dos Estados Unidos no exterior ao longo da segunda metade da década de 1920, inserindo-a cada vez mais no território monetário do dólar
rtm_v1_n1 2015 converted - Ipea - Seu destaque ou posição 1534-1536 | Adicionado: terça-feira, 5 de maio de 2015 07:55:32
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes

's Books


New York Times calibre 35 Kuotes Influence Cialdini, Robert B. 421 Kuotes CHISTES FRESCOS 2011 PERSONAL 50 Kuotes Clase 5 17 de octubre: Inversión extranjera directa, flujos financieros internacionales y desarrollo 108 Kuotes 100 erros de portugu?s frequentes no mundo corporativo | EXAME.com Camila Pati 45 Kuotes Kindle4RSS - Feb 17 14:24 Kindle4rss 63 Kuotes La protección social de cara al futuro: Acceso, financiamiento y solidaridad CEPAL 64 Kuotes Tres experiencias exitosas de Chile en la educación técnico-profesional de nivel medio; 2008 UNESCO Office Santiago, Regional Bureau for Education in Latin America and the Caribbean 36 Kuotes El servicio de la autoridad y la obediencia www.vatican.va 154 Kuotes La peste Albert Camus 85 Kuotes Estudio de las políticas públicas VILLANUEVA 44 Kuotes Microsoft Word - EEDU_Fenstermacher-Soltis_3_Unidad_1.doc Desconocido 36 Kuotes Duelo y Melancolía Freud 74 Kuotes All the Money in the World: What the Happiest People Know About Getting and Spending Laura Vanderkam 99 Kuotes ETICA Y LIDERAZGO EMPRESARIAL GBosch 32 Kuotes SEOMOZ2 Ismeretlen 331 Kuotes Actas VIII. AIH. Realismo histórico y social de la Diana de Jorge de Montemayor. BRUNO M. DAMIANI Autor desconocido 36 Kuotes Calder%80%A0%A6%F3n%20y%20Szmukler%20-%20Cultura%20pol%80%A0%A6%EDtica%20y%20desarrollo Calderon 34 Kuotes IGLESIA EN MISIÓN Severino Dianich 370 Kuotes 7 Incredible Web Design, Branding, Digital Marketing Experiences kaushik.net 32 Kuotes Instapaper: Monday, Aug. 19th Instapaper 34 Kuotes Learn With Mind Maps: How To Enhance Your Memory, Take Better Notes, Boost Your Creativity, And Gain An Edge In Work Or School ? Easily. Mapman, Michelle 37 Kuotes You Are Your Own Gym: The Bible of Bodyweight Exercises Lauren, Mark 77 Kuotes The Power of Story Jim Loehr 165 Kuotes La metamorfosis Franz Kafka 34 Kuotes whit001 Ismeretlen 74 Kuotes OLSEN-La-Cultura-Material-Despues-Del-Texto administrador 47 Kuotes Microsoft Word - Ley Marco Promulgada.doc Administrador 50 Kuotes KindlePB3 summa 194 Kuotes Calder%80%A0%A6%F3n%20y%20Szmukler%20-%20Cultura%20pol%80%A0%A6%EDtica%20y%20desarrollo Calderon 34 Kuotes Tema 5- Procesos de evangelización pastoral especial 157 Kuotes 201406_proyecto_tesis_ec sociocomun@gmail.com 75 Kuotes Los media y la modernidad - John B. Thompson 44 Kuotes The Body Language Rules Judi James 52 Kuotes Instapaper: Monday, Apr. 29 Instapaper 41 Kuotes Kuote Coord. Cómputo 302 Kuotes Manual de metodología. Construcción del marco teórico, formulación de los objetivos y elección de la metodología CLACSO 107 Kuotes Kuote Citas 302 Kuotes 94300 Foreign Affairs 67 Kuotes Bourdieu Pierre - Sociología y Cultura - ISBN 968-419-852-6 Daniel 302 Kuotes Clase 4 5 de abril: Crecimiento económico 160 Kuotes FRANCESC PEDRO_Tecnologia y escuela_UNESCO editor@eduteka.org 38 Kuotes Superviviente Chuck Palahniuk 35 Kuotes Tirado - Domenech - Asociaciones heterogeneas y actantes Tomás Sánchez-Criado 91 Kuotes The best writing of the year, 2012. keeprunning 45 Kuotes Parra. construcción movimientos sociales2 61 Kuotes Microsoft Word - ENTRE PARENTESIS.doc VCC 52 Kuotes El Código del Dinero EXITO 90 Kuotes Gellner - Naciones y nacionalismo user 36 Kuotes KindleSEOMOZ2 summa 280 Kuotes