Welcome

My Quotes in dissertacaoMiniConto

47 Kuotes | 50 Books

Search:


Import Kindle clippings easily

Beta status: Bulk Kuote import!!!!

Log in & Sign in using:

dissertacaoMiniConto

Ronaldo da Cruz
STERN, Jerome (org.). Microfiction. New York: W W Norton, 1996.
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1401-1401 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 23:12:41
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
MALUFE, Annita Costa. Micro-contos ou micro-poemas? 2005. Disponível em: . Acesso em 27 de março de 2007.
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1384-1385 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 23:11:57
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
CRIADO, Francisco J. Rodríguez. El minimalismo de Raymond Carver. 1998. Disponível em: . Acessado em 08/06/2006.
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1358-1360 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 23:10:52
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
CAPAVERDE, Tatiana. Intersecções possíveis: o miniconto e a série fotográfica. Porto Alegre: UFRGS, 2004. Dissertação (Mestrado em Letras), Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2004.
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1351-1352 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 23:10:13
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
ARAÚJO, Luciana. Cem escritores e um desafio pequeno, mas nem tanto. 2004. Disponível em: . Acesso em 27 de março de 2007.
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1335-1336 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 23:08:54
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Nesse aspecto está de acordo com Cortázar quando este define o ofício do escritor (pelo menos de contos) como ?conseguir esse clima próprio de todo grande conto, que obriga a continuar lendo, que prende a atenção, que isola o leitor de tudo o que o rodeia, para depois, terminado o conto, voltar a pô-lo em contato com o ambiente de uma maneira nova, enriquecida, mais profunda e mais bela? (1993, p. 157).
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1283-1286 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 22:59:07
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
um relato visível esconde um relato secreto, narrado de um modo elíptico e fragmentário? (2004,
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1266-1266 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 22:54:51
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Julio Cortázar, ao aproximar o conto da fotografia, faz alusão a uma definição de Cartier Bresson para sua arte como a de um aparente paradoxo, ?o de recortar um fragmento da realidade de tal modo que esse recorte atue como uma explosão, como uma visão dinâmica que transcende espiritualmente o campo abrangido pela câmara? (1993, p. 151).
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1256-1258 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 22:53:11
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
18 Frank Smith, em Leitura Significativa, utiliza o termo ?teoria do mundo? no capítulo VI, afirmando que ?tudo o que entendemos sobre o mundo é uma síntese de nossa experiência, e as nossas lembranças específicas que não puderem ser relacionadas com a nossa síntese, com as nossas regras gerais, farão pouco sentido para nós? (1999, p. 74).
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1192-1194 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 22:39:09
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
o leitor utiliza na leitura tudo o que ele já sabe ao longo de sua vida. Esse conhecimento se dá em vários níveis, sendo destacados pela autora o nível lingüístico, textual e o conhecimento de mundo18.
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1172-1174 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 22:35:34
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
a obra literária depende do leitor para a constituição de seu sentido.
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1140-1140 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 22:19:37
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Cortázar já afirmava que quando escreve um conto busca instintivamente que ele seja de algum modo alheio a si, que se ponha a viver com uma vida independente e que ?o leitor tenha ou possa ter a sensação de que de certo modo está lendo algo que nasceu por si mesmo, em si mesmo e até de si mesmo, em todo caso com a mediação mas jamais com a presença manifesta do demiurgo?
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1103-1106 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 22:14:21
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Umberto Eco já dizia que ?todo texto é uma máquina preguiçosa pedindo ao leitor que faça uma parte de seu trabalho? (1994, p.
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1082-1083 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 17:48:40
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
o leitor, se o escritor está escrevendo com verdade suficiente, terá uma sensação mais forte do que se o escritor declarasse tais coisas? (HEMINGWAY, 1996, p. 192).
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1080-1081 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 17:48:04
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Que Edgar Allan Poe foi um grande defensor e propagador das formas breves não há dúvidas, mas o que será que ele quer dizer ao afirmar que ?certo grau de duração é exigido, absolutamente, para a produção de qualquer efeito? (1997, p. 913)?
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1072-1073 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 17:46:21
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
como essa explosão se dá no leitor, pois é no leitor que se completará a narrativa,
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1070-1070 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 17:45:44
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
Em todos os casos, porém, consegue se identificar um acontecimento, uma narrativa, um discurso integrando uma sucessão de acontecimentos de interesse humano na unidade de uma mesma ação, como define Brémond.
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1067-1068 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 17:45:04
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
um conto é significativo quando quebra seus próprios limites com essa explosão de energia espiritual que ilumina bruscamente algo que vai muito além da pequena e às vezes miserável história que conta? (CORTÁZAR, 1993, p. 153),
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1025-1026 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 17:31:37
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
acrescentará Cortázar, intensidade esta que ?consiste na eliminação de todas as idéias ou situações intermediárias, de todos os recheios ou frases de transição que o romance permite e mesmo exige? (ibidem, p. 157).
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1019-1021 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 17:27:16
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes
argumentação de Cortázar para o que caracteriza um conto: ?o tempo e o espaço do conto têm de estar como que condensados, submetidos a uma alta pressão espiritual e formal? (1993, p. 152).
dissertacaoMiniConto - Ronaldo da Cruz - Seu destaque ou posição 1017-1018 | Adicionado: domingo, 12 de julho de 2015 17:26:17
Permalink Share Paper Clasic Modern +Kuotes

's Books


SM01 Ismeretlen 426 Kuotes Comunicación no verbal Spanish Edition 205 Kuotes Tolstoi, Leon Librodot.com 97 Kuotes The Rough Guide to India Rough Guide to... 187 Kuotes New York Times calibre 35 Kuotes Bourdieu Pierre - Sociología y Cultura - ISBN 968-419-852-6 Daniel 302 Kuotes DH I - CLASE 7 Erik Martinelly 56 Kuotes Microsoft Word - GSocial Karen Mokate-JJS.doc miriamca 32 Kuotes PB006 Ismeretlen 151 Kuotes Superviviente Chuck Palahniuk 35 Kuotes 100 erros de portugu?s frequentes no mundo corporativo | EXAME.com Camila Pati 45 Kuotes ¿Barrera o puente? El papel paradójico del discurso epistolar en Los siete libros de la Diana de Montemayor Autor desconocido 55 Kuotes Arellano 46 Kuotes Steve Jobs Walter Isaacson 220 Kuotes whit001 Ismeretlen 74 Kuotes Lisa Lipman, Mathew 281 Kuotes KindleSEOMOZ2 summa 280 Kuotes Microsoft Word - SERIE GP 59-ILPES LC-IP.L274 pe.doc SSEGUEL 36 Kuotes Il quaderno di Maya Universale economica 216 Kuotes Fifty Shades of Grey James, E L 83 Kuotes Reengineering The Sales Process es6.mike@gmail.com 115 Kuotes Br-FR_ Pós-guerra à Parceria Estratégica Tese de Mestrado 54 Kuotes Orteg- ¦ón, Pacheco y Prieto - Marco l- ¦ógico Usuario 36 Kuotes Marchenti consigna 1 106 Kuotes A Organização Mundial do Comércio Paulo Estivallet de Mesquita 151 Kuotes Food Rules Pollan, Michael 236 Kuotes OLSEN-La-Cultura-Material-Despues-Del-Texto administrador 47 Kuotes Changing Signs of Truth: A Christian Introduction to the Semiotics of Communication Crystal L. Downing 142 Kuotes Aprenda A Meditar c.1.1 124 Kuotes User Centred Metrics for Web Apps Google Research 36299 34 Kuotes Apuntes profetas parte I 2015 profetas y sapiensales 83 Kuotes LukeW | Evolving E-commerce Checkout lukew.com 58 Kuotes Steve Jobs Walter Isaacson 220 Kuotes Teaching in a Networked Classroom Savage, Jonathan 52 Kuotes Clase 3 26 de marzo 76 Kuotes Instapaper: Saturday, Apr. 27 Instapaper 31 Kuotes Give and Take: A Revolutionary Approach to Success Adam M. Grant Ph.D. 38 Kuotes Steve Jobs Walter Isaacson 220 Kuotes Cosmos Carl Sagan 82 Kuotes Condensed Chaos: An Introduction to Chaos Magic Hine, Phil 36 Kuotes @Long Articles: Sunday, Dec. 30 Instapaper 49 Kuotes Theology for the Third Millennium: An Ecumenical View Kung, Hans 80 Kuotes Arte y Archivo. 1920-2010. Genealogías, Tipologías y Discontinuidades Guash, Anna Maria 67 Kuotes Oficiais jul 184 Kuotes Kuote Coord. Cómputo 302 Kuotes Microsoft Word - GSocial Karen Mokate-JJS.doc miriamca 32 Kuotes Instapaper: Monday, Apr. 22 Instapaper 43 Kuotes Capitulo_2_Usabilidad_v1_0 36 Kuotes Sexus Henry Miller 130 Kuotes Gobernanza-para-el-desarrollo-economico web 44 Kuotes